Toda solidariedade ao rapper Criolo e sua família. No sábado, 5/6, o artista perdeu a irmã, Cleane Gomes, de 39 anos, em decorrência da Covid-19. Apesar do artista ainda não ter se manifestado sobre a perda em suas redes sociais, a mãe do cantor, a poetista Maria Vilani, compartilhou um longo texto em seu perfil, lamentando a morte da filha.

“Minha querida filha Cleane, o dia mais feliz da minha vida foi o dia que você nasceu. Eu já era mãe de dois filhos, o Clayton e o Kleber”, começou ela. “Você iluminou a minha vida de sofredora de favela, e por você, seu pai moveu o mundo para saírmos da favela”, continuou.

“Minha filha, você foi boa mãe, boa filha, boa irmã, magnífica tia, uma excelente amiga e professora, uma grande artista circense e cênica, artista plástica, compositora e poeta das boas. Dona de um coração maior que o corpo. Aprendi muito com você.”

“Agradeço a Deus o tempo que Ele permitiu a sua presença nesse plano terrestre. Sinto no meu coração e na minha alma que você partiu no seu momento de partir, se não fosse a Covid-19, seria qualquer outro motivo. Você realmente terminou a sua missão nesse plano, em 05 de junho de 2021. Seria egoísmo não aceitar a sua libertação”, completou.