Condenado à prisão perpétua na última semana pelo assassinato de uma amiga, Robert Durst foi diagnosticado com covid-19 e submetido a ventilação mecânica.

Ao Los Angeles Times, o advogado do magnata do setor imobiliário, Dick DeGuerin, disse que ele já enfrentava problemas de saúde durante a audiência em que foi condenado.

Ele estava tendo dificuldade para respirar e se comunicar. […] Ele parecia pior do que nunca e fiquei muito preocupado com ele. disse