Após perder recurso, Val Marchiori terá de indenizar os herdeiros de Mr. Catra. O funkeiro, que morreu em 2018 em decorrência de um câncer no estômago, abriu o processo após declarações dadas pela socialite durante participação no Superpop, em 2015.

Segundo informações do colunista Alcelmo Gois, do jornal O Globo, a confirmação partiu da 3ª Câmara Cível do TJ do Rio, e agora, a famosa terá que desembolsar o valor de R$ 10 mil. Ao votar pela rejeição, o relator e desembargador Carlos Santos de Oliveira destacou que as pessoas não podem ser xingadas por terem um estilo de vida diferenciado na sociedade brasileira.

No programa da RedeTV!, Val chamou o cantor de “babaca”, “mau-caráter”, “sem-vergonha” e “safado”. Ela afirmou que ele pegava meninas “pobrinhas”, “sem condição alguma” para “fazer filho nelas”.

Mr. Catra era assumidamente um adepto da poligamia, e sempre falou abertamente sobre o assunto. Antes de morrer, tinha três esposas ao mesmo tempo, deixando um total de 32 filhos.